Nenhum produto no carrinho.

12 Dicas para desenvolver seu mindset digital

Por Roberto Costa

Você está preparado para o novo normal?

Imagine que hoje mesmo seja anunciada uma cura para COVID-19. Você acredita que voltaremos ao normal, ao modelo que conhecíamos?

PostsRelacionados

Tudo o que estamos vivendo atualmente certamente irá mudar nosso comportamento e principalmente a forma de trabalhar do futuro. Estas mudanças estão distantes de ser apenas de tecnologia, mas sim de mindset.

 

Mas afinal, o que é Mindset?

Mindset pode ser entendido como o conjunto de pensamentos e crenças existentes em nossa mente e que determinam como nos sentimos e nos comportamos.

 

De acordo com Carol Dweck, autora do livro Mindset, identificar pensamentos de um mindset fixo e substitui-los por pensamentos de um mindset crescente faz com que você desenvolva motivação e confiança para buscar os objetivos que você deseja. Por isso, é tão importante estarmos atentos para a necessidade de mudanças de atitude e comportamento. E, esse movimento de atualização, passa obrigatoriamente pelo autoconhecimento e pela leitura de cenário nesse ambiente de constante transformação.

O primeiro passo, portanto, é o autoconhecimento – entender qual seu nível de desenvolvimento em termos de Mindset Digital e a partir daí, incluir os possíveis gaps em seu plano de desenvolvimento

O termo Mindset Digital vem sendo usado para definir a necessidade de pensar de forma diferente na tentativa de se adaptar às mudanças trazidas pelo desenvolvimento tecnológico. Estamos incluindo não apenas capacidade do indivíduo para adquirir as habilidades e competências técnicas para o uso de ferramentas, mas sobretudo, uma mudança na visão macroscópica do ambiente, entendendo as relações entre mercado, organizações e sociedade. E principalmente trazer esse entendimento para ações práticas que gerem benefícios pessoais e profissionais.

 

Antes de seguirmos com as dicas sobre como desenvolver esses comportamentos, te convidamos à seguinte reflexão:

  1. Você sabe são os seus principais talentos?
  2. Qual seu propósito como profissional?
  3. Tem claro o que quer para sua carreira?
  4. Quais são suas metas profissionais para os próximos anos?

 

Lembre-se:

O sucesso no mundo digital não é uma questão de formação, idade, experiência, mas sim de atitude.

 

Vamos falar sobre os 3 direcionadores e algumas dicas de como exercitá-los:

 

OPEN MIND

Está aberto ao novo e conectado ao que acontece no mundo digital. Demonstra facilidade e agilidade para aplicar novas conhecimentos em um ambiente em constante transformação (Mundo V.U.C.A), sendo protagonista da carreira.

 

#Dicas:

  1. Use tudo que está disponível para aprender –  Seja curioso e potencialize seu repertório.
  2. Exercite a flexibilidade e capacidade de ouvir. Peça feedback.
  3. Melhore sua produtividade através do uso intensivo da tecnologia.
  4. Aumente seus conhecimentos sobre metodologias e ferramentas digitais (ex.: Design Thinking, métodos ágeis, etc).

 

TRANSFORMADOR

Faz boa leitura do ambiente interno e externo, conseguindo influenciar seus interlocutores na direção a cultura digital. É positivo diante de obstáculos, atuando como facilitador e ponto de conexão (HUB) para alcance dos objetivos de transformação do negócio.

 

#Dicas:

  1. Amplie seu networking e troque conhecimento.
  2. Exercite sua capacidade de negociação ganha-ganha através na troca diária com as pessoas que estão ao seu redor.
  3. Faça novas amizades e desenvolva suas habilidades relacionais. Busque ser conexão positiva entre as pessoas.
  4. Provoque o status quo, mas apresente sugestões alternativas.

 

EMPREENDEDOR

Direcionado para construir soluções (melhoria de processos ou criação de novos negócios) simples, ágeis e viáveis tendo como premissa utilização do seu mindset digital (uso intensivo da tecnologia) para gerar inovações.

 

#Dicas:

  1. Aprenda a olhar para você como uma unidade de negócio que precisa dar lucro e ser competitiva.
  2. Amplie seu conhecimento sobre metodologias e ferramentas digitais. Exercite melhorias no curto, médio e longo prazo.
  3. Pense em soluções modernas e tecnológicas. Faça do
    seu espaço um centro de pesquisa e inovação.
  4. Busque entender o que está acontecendo no mercado.
    Traga novidades para suas atividades do dia a dia e participe
    de projetos multidisciplinares.

 

“Se você tiver mais que 3 prioridades, então não terá nenhuma.”

(Jim Collins)

 

Estabelecer prioridades para o desenvolvimento dos comportamentos é essencial, mas lembre-se, o sucesso nesse NOVO NORMAL está na agilidade em aprender constantemente e se adaptar ao novo.

 

Espero que gostem e compartilhem conosco suas visões sobre o tema.

Até o próximo.

 

 

Roberto Costa

 

 

 

Roberto Costa

Roberto Costa é sócio da Clave. Graduado em Administração de Empresas, com pós-graduação em Recursos Humanos pelo IAG Master na PUC-Rio e MBA em administração pela COPPEAD. Certificação de Coach Executivo pela ICI. Ele tem mais de 30 anos de experiência executiva em empresas como Ceras Johnson, Grupo O Dia e Grupo Copersucar. Atualmente, ele é CEO da Clave e responsável pela gestão estratégica dos negócios. Por mais de 18 anos, ele trabalha em consultoria como gestor de projetos para Mapeamento, Desenvolvimento e Desempenho de Perfis. Roberto é responsável por desenvolver a metodologia de avaliação da Clave e algumas das ferramentas aplicadas aos diferentes pipelines organizacionais.

Próximo Post

Discutindo sobre isso post

Bem vindo de volta!

Entre em sua conta abaixo

Criar nova conta

Preencha o formulário abaixo para se cadastrar.

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.