Nenhum produto no carrinho.

10 perguntas frequentes nas entrevistas

Que tal se preparar com 10 perguntas frequentes nas entrevistas!

Selecionamos 10 perguntas frequentes nas entrevistas!

 

PostsRelacionados

Sem conteúdo disponível

1. Conte-me sobre você

Para te deixar mais à vontade, algumas entrevistas começam de uma maneira mais leve e aberta.

A intenção do avaliador é conhecer sobre você e quebrar um pouco o gelo da entrevista!

Mas daí surge a grande dúvida: o que falo sobre mim? Já trago as minhas experiências profissionais?

Nós recomendamos você dar uma visão geral, como por exemplo, o curso e motivo de ter escolhido essa área, principais experiências acadêmicas e o que você está buscando para a carreira.

A partir da sua visão geral,  o entrevistador vai aprofundar aspectos e focar naquilo que ele quer conhecer mais a seu respeito.

 

2. Quais são seus pontos fortes e pontos de desenvolvimento?

Dica: Sempre espere essa pergunta e nunca saia falando seus pontos fortes antes de ser perguntado a respeito.

Essa pergunta tem como objetivo descobrir quais são os talentos? Em que momentos reconhece que eles fazem a diferença? Que resultados você já conseguiu obter?

A mesma coisa acontece com os pontos de desenvolvimento. O avaliador sabe que todos os seres humanos tem pontos de desenvolvimento, mas é importante entender: em que momentos eles aparecem? Por que você tem que desenvolver? O que tem feito para isso?

 

3. Conte-me sobre um desafio ou conflito que enfrentou e como lidou com isso

Com esse questionamento, é possível identificar como o candidato lidou com desafios nos projetos e até mesmo situações de conflitos.

Dar exemplos reais é fundamental para mostrar a sua atitude e comportamento frente a um determinado contexto, já que o avaliador consegue visualizar suas competências com base naquilo que você já viveu.

 

4. Você já liderou uma equipe? Como foi?

A intenção dessa pergunta é entender qual é o seu estilo de liderança. Ou seja, como você faz para influenciar pessoas, trazer ideias, gerenciar um grupo e garantir resultados.

Mas não adianta só contar que tipo de líder você é, é importante trazer um exemplo que deixe isso claro!

Muita gente se intimida por ainda não ter tantas experiências, mas lembre-se que você pode falar sobre suas vivências acadêmicas ou qualquer projeto da faculdade que tenha trabalhado em grupo.

 

5. Com que tipo de pessoas você prefere trabalhar?

O Trainee possui interface com diferentes áreas da empresa e trabalha com pessoas de diferentes perfis. Nesse sentido, ter facilidade de relacionamento e conseguir se adaptar a novos ambientes, acaba sendo essencial.

Mas sempre tem um tipo de perfil que você tem mais facilidade de trabalhar. E normalmente, é aquele estilo mais parecido ou complementar ao seu. Por exemplo: se eu sou uma pessoa extremamente planejada, vou adorar trabalhar com alguém que também seja planejado.

Nessa pergunta, a ideia é conhecer mais do que você valoriza no ambiente de trabalho e com qual equipe teria uma dinâmica de trabalho melhor!

 

6. Qual foi a sua maior conquista profissional?

Ao invés de apenas mencionar a principal conquista, é importante você contar uma história.

O recrutador quer saber como você fez a diferença em uma experiência ou contexto de trabalho. Procure descrever a situação, sua responsabilidade, o que você fez e, obviamente, qual foi o resultado disso.

 

7. Por que devemos contratar você e não outro profissional?

Esqueça aquelas respostas óbvias, do tipo “sou dedicado” ou “quero aprender muito”.

É importante trazer uma resposta mais aprofundada, que fale sobre suas competências e mostre como, a partir delas, você pretende contribuir com a empresa!

Além disso, uma boa saída é trazer também sua visão crítica da empresa e o que você acredita que pode o seu perfil pode fazer a diferença.

 

8. Quais são os seus objetivos profissionais?

Você não precisa ter sua vida planejada daqui a 10 anos, aliás, esse tipo de pergunta: “Como você se imagina daqui 10 anos”, tem aparecido menos nas entrevistas, já que a nova visão sobre carreira tende a considerar ciclos por desafios e não em fazer uma carreira tradicional!

A intenção do entrevistador nessa pergunta é descobrir mais sobre seus objetivos e motivações de carreira!

Ou seja, você não precisa dar o cargo e empresa onde espera estar trabalhando no futuro, mas uma boa ideia é contar as suas ambições como: “espero me tornar um especialista na área de Maketing Digital” ou ainda “Espero tem uma visão generalista da empresa e atuar em uma área de processos”.

 

9. Você está participando de outros processos seletivos?

Ah, essa pergunta tira muito candidato dos eixos, mas fique tranquilo!

O que avaliador quer descobrir aqui é um pouco da sua estratégia de inscrição e também do foco que você deu para a sua busca. Não tem problema estar participando de mais de um processo, mas é importante refletir:

  • Quais os critérios que você está escolhendo as empresas que deseja trabalhar?
  • Você está procurando áreas e desafios semelhantes ou áreas aleatórias?

 

10. Por que você escolheu essa e não outra empresa?

Por fim, as empresas procuram pessoas que se identifiquem com a missão e com os objetivos.

É nessa pergunta que eles notarão a real intenção do candidato. Ninguém quer um Trainee que só está lá porque não conseguiu outra coisa melhor.

Esta é a hora de mostrar porque o trainee combina com seus objetivos profissionais e como a cultura daquela empresa combina com o seu perfil profissional.

 

Que tal simular uma entrevista com consultores da Seja Trainee?

Conheça a proposta de simulações de entrevista clicando aqui.

Programa de Estágio Samsung
Próximo Post

Discutindo sobre isso post

Bem vindo de volta!

Entre em sua conta abaixo

Criar nova conta

Preencha o formulário abaixo para se cadastrar.

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Adicionar nova lista de reprodução