Como se comportar na Dinâmica de Grupo

Curta e compartilhe nosso conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •   

Afinal, como se comportar na dinâmica de grupo?

Se existisse uma receita de como se comportar em dinâmica de grupo, ela com certeza valeria ouro!

Todo mundo já deve ter se questionado: como o avaliador espera que eu me comporte?

Será que devo ser…

  • o líder na dinâmica de grupo?
  • aquele que apresenta as ideias com persuasão?
  • o que mais trabalha em equipe?
  • o criativo para pensar em soluções diferentes frente aos problemas?
  • o mais comunicativo?
  • o mais relacional com os colegas do meu time?

Porém, defendemos a ideia de que não existe uma receita ou fórmula pronta, mas sim fórmulas individuais. Cada um com seus ingredientes!

Criamos este artigo para ajudá-lo a compreender isso. Ao invés de pensar no como você deve ser, preocupe-se em saber quem você é no trabalho em grupo e como pode ter uma participação equilibrada.

 

Essa é a primeira dica para mandar bem: Equilíbrio!

É importante abandonar comportamentos extremistas.

Por exemplo: sou mega comunicativa a ponto de não dar chance para outras pessoas do grupo falarem.

Essa sua força pode transformá-la numa fraqueza, pois saber ouvir outros pontos de vista é importante quando se desenvolve um trabalho em equipe.

Uma outra situação pode ser a timidez: sou extremamente tímido e não consigo expor minhas ideias ou me posicionar quando discordo de uma opinião.

Isso pode se tornar um problema, pois o avaliador não conseguirá avaliar se você possui tal habilidade de comunicação e não saberá do seu posicionamento sobre determinado assunto. Logo, a possibilidade de mandar bem diminui ou zera nessa situação.

 

A segunda dica para se sair bem é a autenticidade.

Portanto, não busque criar papéis ou se comportar de maneira a se distanciar do seu jeito natural, pois ao adotar essa postura, o caminho do sucesso fica muito mais longe.

Para conseguir imprimir autenticidade, reflita os seguintes aspectos:

  • Identifique se seu perfil está mais voltado para trabalhar em grupo e se relacionar com outros, ou se você é uma pessoa mais analítica e mais retraída.
  • Durante sua trajetória, identifique os momentos onde fez coisas em grupo de forma natural ou ainda, como poderia ter feito diferente naquela determinada situação com os aprendizados que obteve ao longo do tempo.
  • Procure conhecer suas características que ajudarão no seu posicionamento em grupo para criar, argumentar, concordar ou discordar de seus colegas.
  • Sua postura na interação com as pessoas também diz muito sobre como você lida com o outro.
  • Lembre-se que o bom relacionamento interpessoal é um comportamento valorizado!

Gravamos um vídeo que explica as principais diferenças de perfis! Confira abaixo:

 

A terceira dica é buscar empresas com a sua cara/perfil.

É importante que você descubra empresas mais alinhadas com seu perfil.

Cada empresa tem um jeito diferente de funcionar e isso se reflete na cultura, valores e competências desejadas.

O José Augusto descobriu que o Programa Trainee do Burger King estava alinhado com o seu perfil e contou para nós como o Programa de Coaching ajudou nessa descoberta.

A partir do momento que você enxergar esse MATCH, ficará mais fácil demonstrar porque o seu perfil combina com a organização e o que você se diferencia frente a outros candidatos!


Curta e compartilhe nosso conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •   

Leave a Comment