Treinamento on the job: como ele pode ajudar a desenvolver sua carreira

Treinamento on the job
Compartilhe!

Treinamento on the job: como ele pode ajudar a desenvolver sua carreira

Você se preparou por meses, reviu conteúdos que nem lembrava mais, gravou vídeos, participou de dinâmicas, entrevistas, cafés da manhã, e tudo mais o que tinha direito.

Foram meses intensos de provas e ansiedade. A recompensa?

Passar na seleção do programa trainee que tanto desejou.

Por mais que a parte difícil já tenha passado, é sempre bom saber o que a próxima etapa lhe reserva, para que você possa se destacar e conseguir a tão sonhada efetivação.

Por isso, hoje vamos falar sobre o treinamento on the job, uma prática recorrente durante o trainee.

O que é treinamento on the job? 

Na tradução mais simples e literal possível, treinamento on the job é feito no próprio trabalho, quando o trainee tem a experiência e a responsabilidade de quem ocupa a vaga.

Para a empresa, esta prática é benéfica por também ser uma forma de treinar a habilidade de gerência dos empregados fixos, além de ter mais mão de obra de prontidão.

O trainee acompanha as atividades de alguém que já tem experiência no cargo e ambos aprendem e se aperfeiçoam nesta troca.

Para que ele tenha resultados concretos, este tipo de treinamento deve ser tratado de forma oficial, ou seja, com avaliações, metas, cobranças, evoluções e um relatório final, o que motiva tanto o trainee, quanto seu mentor.

Benefícios do treinamento on the job para o trainee

Para o trainee, o treinamento on the job possibilita a aquisição de novos conhecimentos e maiores habilidades. Além disso, o jovem profissional pode aprender e aplicar o que foi ensinado junto a um instrutor capacitado.

Ele está inserido na empresa, no seu dia a dia e no seu modo de produção. Assim, aprende como se portar dentro de uma companhia, como seguir seus ideais na prática e como seria uma rotina de trabalho naquele local.

Mesmo sendo um trainee haverá cobranças e será exigida muita responsabilidade na função, então é importante dedicar-se e, quando possível, entregar além do que foi pedido. Esta é uma ótima chance de se destacar.

Prove o seu potencial para a empresa

Lendo currículos e fazendo entrevistas, os donos das empresas podem ter uma noção de quem você é, mas não verão como realmente age no dia a dia de trabalho. Neste treinamento, a pessoa tem a chance de mostrar sua eficiência, sua seriedade e sua dedicação.

Este é o momento de mostrar que realmente sabe trabalhar em grupo, ouvir e cumprir ordens, e que se preocupa com a empresa em geral e, no futuro, pode assumir um cargo de confiança.

Mesmo para aqueles que não almejam uma vaga na empresa em que fizeram trainee ou caso não haja a contratação, ter recebido este tipo de treinamento conta muito para futuras experiências profissionais.

Ele fará diferença não só no seu currículo, mas também na sua postura em entrevistas e dentro de outras empresas.

Diferencial para o currículo

Para o contratante, é sempre um ponto positivo saber que o candidato teve esta experiência, porque isso normalmente significa que ele já tem uma noção mínima de como se portar, como funciona uma hierarquia empresarial e realmente foi treinado para situações rotineiras em um emprego.

Considerando tudo, o treinamento on the job é extremamente benéfico. Cabe a você saber aproveitar essa chance, se destacar, e agrupar o grande número de diferentes experiências. Isso, com certeza, terá uma importância fundamental na sua vida profissional, na maneira de ver as grandes empresas e nas oportunidades que poderão surgir.


Compartilhe!

Leave a Comment