O que está mudando nos Programas de Trainee?

Curta e compartilhe nosso conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •   

Muita coisa está mudando nos programas trainee: desde as atividades até a própria avaliação! Quer entender melhor?

Muita coisa está mudando nos programas de trainee! Isso porque o mercado está se reinventando para lidar com um cenário de crise. Uma das principais ações é o corte de gastos sem comprometer a qualidade das entregas. Para isso, muitas empresas estão revisitando o quadro de funcionários e substituindo profissionais estagnados por pessoas que façam a diferença;

Os trainees são estratégicos para a empresa. Pois reúnem qualificação e motivação, combustível que move os profissionais na busca por melhores resultados.

Para os jovens candidatos que estão de olho nas oportunidades como Trainee, a Seja Trainee fez uma análise sobre os programas que já estão abertos, trazendo um pouco do que as empresas esperam para esse ano!

A essência do trainee se mantém: as empresas ainda focam em candidatos recém-formados e têm objetivo de desenvolvê-los para futuras lideranças – mas algumas empresas estão buscando pessoas com um pouco mais experiência – seja em uma área específica – como é o caso do programa da BRF focado no Supply Chain. Ou então experiência de mercado como um todo, como é o caso da Mercedes Benz, que exige no mínimo de 18 meses de atuação no mercado de trabalho, em quaisquer áreas (estágio ou efetivo);

Fora experiência profissional, alguns programas trazem como pré-requisito uma pós-graduação, MBA ou mestrado.

Além disso, outra mudança que observamos em alguns programas é a data de formação. A maioria ainda busca formados a partir de dez/2013, mas algumas empresas buscam profissionais com formação em 2012, aumentando o público alvo dos programas.

Independente dos pré-requisitos, todas as empresas buscam candidatos que se identifiquem com sua cultura e valores, aspectos imprescindíveis para a adaptação e produtividade do profissional na empresa.

Qual é seu momento profissional? 

Há quantos anos se formou? Como avalia sua experiência com o mercado? Você já teve grandes responsabilidades?

É importante se fazer essa pergunta porque alguns programas de Trainee, como mostramos, estão em busca de profissionais com mais experiência. Reflita sobra suas vivências e valorize tudo aquilo que já fez: É importante que esse candidato já tenha tido autonomia e responsabilidades, seja com experiências de estágio, efetivo, entidades estudantis ou outros.

O que está buscando? 

Crescimento? Salário atrativo? Plano de desenvolvimento claro?

Dependendo do que você está buscando, o Trainee pode ser uma boa alternativa. Mas não descarte as vagas efetivas. Elas também podem ser interessantes. Lembre-se que não só o Trainee oferece plano de desenvolvimento, mas muitas outras empresas podem oferecer, em formatos diferentes, crescimento e realização profissional.

Como você trabalha?

Olhe para dentro antes de buscar vagas cegamente. Do que você precisa para se desenvolver? Que tipo de ambiente de trabalho pode te fornecer isso? Que características um líder deve ter para que seu desenvolvimento aconteça?


Curta e compartilhe nosso conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •   

Leave a Comment





Comente