11 3938.4000 11 9 5895.0220 contato@sejatrainee.com.br

O que é liderança para você?

o que e liderança
Compartilhe!

O que é liderança para você?

Não é raro que as pessoas se perguntem: “eu tenho perfil para ser líder? ”. Eu então, lhe pergunto: o que é liderança para você?

Muitos confundem liderança com ocupar algum cargo na organização de que fazem parte. O que muitas pessoas não sabem é que nem todo líder é chefe, assim como nem todo chefe é líder.

Nesse caso, o exemplo é simples: você não precisa gerir uma equipe para chegar à solução de algum problema, mas pode atingir a mesma através das pessoas.

Quando se afirma que talvez nem todo chefe é líder é porque pode lhe faltar determinadas competências que sejam essenciais para lidar com pessoas ou então, engajá-las para um determinado fim. Sendo assim, liderança é vista cada vez mais como situacional, dependendo das pessoas envolvidas e do cenário do momento.

Liderança situacional

O conceito de liderança situacional pode ser mais bem entendido da seguinte forma: são pessoas que, geralmente, em um cenário desfavorável, sabem utilizar as competências dos membros pertencentes à equipe para solucionar o problema.

Em outras palavras, é aquele indivíduo que consegue identificar pontos fortes e a desenvolver dos envolvidos para oferecer uma saída melhor, em que as pessoas não tenham que desprender um grande esforço para realizar determinada ação.

Como identificar meu estilo de liderança?

O que algumas pessoas acabam fazendo para tentar identificar seu perfil profissional é recorrer a questionários dos mais variados em uma tentativa até de saber se são líderes.

Há uma busca muito grande para se ter algum tipo de certeza acerca de sua forma de atuar dentro do mercado. Sendo assim, existem inúmeras ferramentas de análise de perfil e há uma pergunta que é muito frequente de ser ouvida: “Ok, mas isso quer dizer que eu não sou um líder?”.

Aí é que mora o perigo, basicamente por duas razões:

Razão 1

1)    Por mais precisa que seja a ferramenta, ela costuma analisar seu momento, no caso, aquele momento que você está vivendo quando preenche o questionário. Só essa informação já é forte o suficiente para mostrar que a análise pode levar em consideração qualquer tipo de questão que você esteja vivendo. Portando, evite se rotular.

Evite acreditar que ser o perfil Z da ferramenta Y é você 100% do tempo.

Basicamente, a dica é não seguir a “Síndrome de Gabriela”, ou seja, “Eu nasci assim, eu cresci assim e vou ser pra sempre assim”. Afinal, você está em constante desenvolvimento.

Razão 2

2)    A segunda razão é que, independente do perfil, você pode ser líder, sim. Leia: pode. Às vezes, não é.

Talvez você delegue mais e esteja mais preocupado com “o que” se entrega valorizando o respeito do prazo; pode ser que até centralize mais algumas tarefas em você.

Já parou para pensar que também pode querer chegar no resultado influenciando mais as pessoas para elas realizarem determinadas atividades?! Pode ser, talvez, que seja um líder que valorize mais a cooperação e um ambiente harmonioso.

Provavelmente você já pensou que o líder em uma etapa do processo, como uma Dinâmica de Grupo, é aquele que fala mais, delega e acaba por ter toda a atenção dos membros do grupo.

Mas será que é esse perfil de liderança que a organização está buscando? Ou a empresa quer para determinada vaga um perfil que valorize mais a harmonia do grupo?

O motivo de tantos questionamentos é simples: só a empresa tem em mente o perfil que busca e tentar se adaptar pensando que eles querem A (mas na verdade querem C) só tende a lhe prejudicar.

A máxima – que parece até ser clichê – dos processos seletivos de “seja você mesmo” acaba sendo o caminho mais seguro para você encontrar uma vaga com a sua cara.

Cuidado!

Vestir um personagem de um líder autoritário, por crer que a empresa busca isso, tende a lhe trazer problemas dos mais variados, por exemplo:

1. a eliminação do processo e 2. a contratação por ter apresentado um perfil que a empresa buscava, porém não condiz com o que você, de fato, é; o que acarretaria em insatisfação tanto por parte da empresa quanto a sua própria.

Reflita sobre sua história

Uma forma de lhe ajudar a enxergar sua forma de ser líder ou não é analisar situações já vividas em considerar como foram suas interações com as outras pessoas pensando na entrega de um resultado. Como foram suas ações? Como os outros lhe perceberam? Quais foram os resultados alcançados?

Independentemente do tipo de liderança que possa ter, a grande dica é que um líder precisa ser capaz, cada vez mais, é de se gerenciar.

Isso envolve uma busca constante por autoconhecimento para saber o que precisa desenvolver e o que já faz muito bem.

Saber suas limitações é importante para reconhecer as limitações dos outros focando cada vez mais no desenvolvimento dos seus liderados (e no próprio, claro).

Seja Trainee

Somos uma empresa de desenvolvimento profissional que ajuda o jovem em inicio de carreira a se preparar para os processos seletivos do mercado de trabalho. A preparação acontece por meio de conteúdos disponibilizados em nosso site, além de palestras online gratuitas e do trabalho personalizado de Consultoria & Coaching. Aumente suas chances, conheça a preparação individual.


Compartilhe!

Leave a Comment