Intercâmbio: qual a sua real importância?

intercambio
Curta e compartilhe nosso conteúdo
  • 26
  •  
  •  
  •   

Intercâmbio: qual a sua real importância?

No mundo dos trainees, criou-se uma lenda de que o intercâmbio é fator determinante para ser aprovado.

Provavelmente, você irá participar ou já participou de um processo seletivo com candidatos contando suas experiências internacionais na apresentação pessoal.

Quem ainda não teve, fica se sentindo um peixe fora d’agua, não é mesmo?!

Ainda mais quando chega a “bota” no processo seletivo. Aí o sentimento de não ter essa experiência vira o álibi perfeito da reprovação.

Nossa opinião: O intercâmbio pode ser uma das maiores experiências de sua vida, mas assim como outras experiências que também podem te desafiar a sair da zona de conforto!

Portanto, nada mais justo que entender melhor o assunto. Nesse sentido, fomos buscar a opinião de diversos especialistas no mercado.

Por exemplo, a Natália Kischkel é Gerente de Talent Acquisition e responsável pelo famoso Global Graduate Programme da Souza Cruz.

O programa teve um salário inicial de R$ 7.160,66 em 2017 e foi solicitado como pré-requisito inglês fluente e no máximo três anos de formado com disponibilidade para mudar de cidade.

Achamos razoável ouvir a opinião dela a respeito do tema =)

E então? O que você achou?

Mas tem muita empresa no mercado que afirma o intercâmbio é um diferencial.

A equipe da AIESEC Brasil indicou um vídeo com a visão de executivos do mercado de empresas como Survey Monkey, Danone, Itaú Unibanco, Fundação Estudar e Votorantim. Assista:

Também entrevistamos dois grandes profissionais de mercado:

  • Caroline Cobiak, que já atuou como Coordenadora de Projetos de Estágio e Trainee pela Across Consultoria e também como consultora da 99 Jobs e;
  • André Bruttin – Professor e Coordenador do Núcleo de Psicologia Organizacional pela PUC – SP

Vocês consideram o intercâmbio como um diferencial para o Mercado?

  • Carol: “Toda experiência é importante quando agrega valor e conhecimentos para os candidatos, seja um intercâmbio, um trabalho voluntário, um trabalho na empresa júnior da faculdade ou no diretório acadêmico”.
  • Bruttin: “Apesar de não ser imprescindível, o intercâmbio é claramente uma experiência vista como positiva pelo mercado de trabalho”.

O que o intercâmbio de fato ajuda a se diferenciar frente a outros candidatos?

  • Carol: “Acredito que é importante para o desenvolvimento individual,  pois proporciona o conhecimento de uma nova cultura e situações que no dia-a-dia não conseguiria vivenciar e que trazem amadurecimento”.
  • Bruttin: “A iniciativa de fazer o intercâmbio sinaliza compromisso em procurar se desenvolver na carreira, aprender outra língua e até uma experiência de trabalho (melhor ainda se for em área de interesse). Isso pode ajudar a diferenciar no mercado.”

As pessoas valorizam o intercâmbio mais do que deveriam?

  • Carol: “Com certeza, porém isso acontece muito mais por parte dos candidatos do que das empresas. Para as empresas, o diferencial é ter uma experiência em que você cresceu, se desenvolveu, se desafiou muito. E isso pode ser no trabalho voluntário, estágio, etc.”
  • André: “Acho que ele agrega mesmo. Talvez seja supervalorizado a ideia de que sem ele, o candidato estará destinado a posições de “segunda linha”. Não vejo isto como verdadeiro.”

Considerações finais da Seja Trainee:

O intercâmbio proporciona muito “brilho nos olhos” de candidatos que contam a sua experiência, aprendizados e desafios, mas é o resultado desse desenvolvimento que ajuda o candidato a avançar no processo.

Independente de ter feito ou não intercâmbio, uma coisa é certa:

VOCÊ DEVE ENXERGAR O VALOR DA SUA HISTÓRIA.

E se você não souber contar o seu real valor, de nada adiantará ter feito o intercâmbio.

Queremos te ajudar a transmitir isso para os recrutadores.

Gravamos um vídeo chamado A sua história tem valor com uma atividade especial

Por fim, entrevistamos a Ana Paula, aprovada no Programa Trainee do BTG Pactual sem uma experiência internacional.

Confira a reportagem aqui.


Curta e compartilhe nosso conteúdo
  • 26
  •  
  •  
  •   

Leave a Comment





Comente